Publicado em Seriados

Bloco de textos publicados no Yahoo Brasil

Eis aqui, com um pequeno atraso, os últimos textos que escrevi para o Spoiler.

Portugal e os títulos dos seriados

Inspirada pela notícia de que ‘Breaking Bad’ será exibido pela Record, perguntei no facebook qual seria a belíssima tradução para o título do seriado que usariam – não só no cinema acontece esse ‘pequeno probleminha’ de títulos que não têm absolutamente nada a ver com o nome original.

E eis que um comentário me inspirou a fazer esse post. Lá eu descobri que, em Portugal, ‘Breaking Bad’ é conhecido como ‘Ruptura Total’. E fiquei curiosa para saber que outras traduções esquisitas são feitas pelos nossos companheiros de língua materna.
Existem os títulos óbvios como ‘Bones’ = ‘Ossos’ e ‘Lost’ = ‘Perdidos’, mas também existem outros que merecem ser mencionados, não apenas pela graça da diferença nas palavras e expressões entre o português de Portugal e o do Brasil, mas pela total incompreensão de onde saiu aquela tradução.

Leia mais aqui.

 Tapas, beijos e mulheres à beira de um ataque de nervos

Pela abertura, título e música tema fica bem óbvio que ‘Tapas & Beijos’ é um seriado sobre relacionamentos, certo? Errado. ‘Tapas & Beijos’ é um seriado sobre mulheres descontroladas. Eu sei que isso não é nenhuma novidade, afinal, ele já está no ar da Globo desde 2011 mas, assistindo ao episódio desta terça (5/11), me peguei pensando nessas mulheres loucas e tão comuns.
Porque é isso mesmo: Fátima (Fernanda Torres) e Sueli (Andréa Beltrão) são descompensadas e quem disser que nunca se identificou com nenhuma das duas, em nenhum momento, estará mentindo.

As histórias são repetitivas. Você pode passar semanas sem acompanhar nenhum capítulo e, fora um personagem ou outro que apareça ou uma situação diferente que tenha continuidade, são os momentos cômicos dos núcleos peculiares e a sequência de encontros, desencontros, erros e acertos que fazem com que os capítulos sejam leves e divertidos, ótimos para passar o tempo após o dramalhão recheado de clichês e péssimas interpretações de ‘Amor à Vida’, atual novela das 21h da Globo (sorte a sua se não sabe do que se trata).

Continua…

O politicamente incorreto de Miguel Falabella

‘Pé na Cova’ é um show de horrores. O seriado tem o texto, o jeito e a cara de Miguel Falabella que, pelo visto, aproveita o espaço para fazer o que quiser. A impressão que tive ao assistir o episódio da última terça-feira chamado de ‘À Deriva’ foi que ele reuniu uns amigos, umas figuras que ele admirava ou achava interessantes por algum motivo específico, juntou tudo numa panela, mexeu e fez a série.

Só para situar quem nunca assistiu ou ouviu falar do seriado, ‘Pé na Cova’ mostra as confusões de uma família dona de uma funerária no subúrbio carioca, a F.U.I. (Funerária Unidos do Irajá). Nada, mas nada a ver com a grande série ‘A Sete Palmos’, que fique bem claro. Ela está na segunda temporada mas já teve seu contrato renovado para uma terceira em 2014.

Mais no Spoiler.

Anúncios
Publicado em Pensamentos, Seriados

A cara da mãe

Acho que ainda não tinha comentado por aqui que o ‘Spoiler’ agora virou meu filho. E tá com a cara da mãe (ok, ainda não totalmente em vários aspectos mas isso se ajeita aos pouquinhos). Ele inicialmente foi criado para ser de toda a redação do Yahoo: quem gostasse de seriados e quisesse escrever sobre qualquer um era só chegar. Mas desde que eu cheguei na empresa, fui a única a atualizar – infelizmente não tanto quanto gostaria.

Pois o tempo foi passando e a adoção foi feita. Ainda não consigo manter uma grande frequência de atualizações mas, ter a minha cara (e só ouço a voz do meu pai nesse momento me corrigindo ‘cara não Papá, rosto’) faz com que a responsabilidade aumente e a vergonha de deixá-lo às moscas também!

Quem quiser passar lá para dar uma olhadinha nas últimas novidades que não coloquei aqui como uma crítica sobre Elementary, uma novidade sobre Breaking Bad e uma lista com algumas séries brasileiras na TV fechadoclicar.

Tentarei deixar “meu peixe” para os devaneios e desabafos habituais, afinal, ele é um grande ouvinte que não reclama do meu mimimi – só dos eventuais erros de português – e vez ou outra até me ajuda com conselhos. Pra quê melhor?

Atualmente tenho 3 blogs e duas editorias para cuidar. Me desejem sorte! :)

Publicado em Seriados

Spoileando


Com um pequeno atraso já que a série estreou na semana passada, eis um trechinho do que escrevi sobre ‘Agora Sim’, primeira sitcom brasileira produzida pela Sony.

“Os publicitários têm servido como bons objetos de inspiração no meio audiovisual ultimamente. ‘Mad Men’, série ambientada em uma agência de sucesso na Nova Iorque nos anos 60, é um sucesso mundial de crítica e público. Já em termos ‘locais’, a novela ‘Sangue Bom’ tem explorado bastante o universo com suas Class e Crash Mídia. Pois o Canal Sony estreia nesta quinta-feira o seriado ‘Agora Sim’, primeira sitcom brasileira produzida por eles e que mostra a rotina de uma agência pequena e caótica.”

Para ler tudo e, ainda melhor, assistir às entrevistas que fiz em vídeo com alguns dos atores principais, é só passar lá no Spoiler. 

Lá você também encontrará um texto sobre ‘Hostages’, nova série da Warner com Toni Colltte.

Publicado em TV

E a segunda temporada chegou!

will

Lembram que o primeiro post deste blog foi sobre The Newsroom?

Pois hoje estreia a segunda temporada da série na HBO. Segue o texto que escrevi no Spoiler sobre o assunto:

“É unanimidade nacional falar mal dos jornalistas. Quer dizer, unanimidade mundial. Chega a ser clichê ouvir que “a imprensa é um lixo”, “a imprensa é manipuladora” e blablabá.

Eu, como jornalista, sempre tento defender a classe, apesar de alguns colegas não ajudarem muito a manter uma boa imagem. Sim, existem profissionais ruins assim como existem profissionais bons e isso em todas as profissões, mas é claro que a exposição do trabalho jornalístico é maior do que muitas outras.

Pois Aaron Sorkin, criador e roteirista de grandes séries feitas nos Estados Unidos (West Wing e Studio 60) resolveu mostrar os bastidores de um jornal de canal a cabo feito em Nova Iorque. “

Para continuar, clique aqui!