Roteiro para aproveitar Seattle com pouco tempo

Após a incrível experiência inspirada por Crepúsculo (sem ironia, juro!), eu e o marido seguimos de Forks até Port Angeles – cidade bonitinha também citada em alguns dos filmes da saga – e de lá para Port Towsend, onde pegamos uma balsa até Hansville – ao lado de Seattle.

A terra de Jimmy Hendrix é linda e lembra muito San Francisco – é pequena, com várias ladeiras e cheia de água por todos os lados. Fui surpreendida por uma cidade organizada, repleta de obras de artes, prédios modernos e casas fofas.

A surpresa aconteceu porque eu esperava um lugar meio obscuro e decadente – talvez pelo fato de chover muito e ser sempre cinza (cenário perfeito da sombria The Killing, série que adoro) ou pela aura “grunge” de que sempre ouvi falar.

Claro que frequentando apenas os lugares turísticos – já que tivemos pouco tempo -, fica difícil fazer uma análise mais underground do lugar. Mas acho que Portland se encaixaria muito mais nesse estereótipo criado na minha cabeça do que Seattle.

Fato é que foi uma surpresa feliz. O bairro de Fremoont, cheio de cafés, restaurantes, lojas descoladas e intervenções artísticas pelas ruas é uma ótima pedida de hospedagem. Basta atravessar uma ponte para chegar ao centro movimentado da cidade.

Chegando nesse centro, é possível encontrar a primeira loja da Starbucks (1912 Pike Pl, Seattle, WA 98101), um mercado popular (Pike Place Market: 85 Pike Street) com comidas, flores, roupas, acessórios e até mesmo lojas voltadas para os nerds que colecionam bonecos e todo tipo de tranqueira de seus filmes e séries preferidos.

Saindo do Pike Market, vale dar uma subida no 73 andar do Columbia Building (701, 5th Avenue), onde você encontrará o Sky View Observatory para ter uma vista panorâmica da cidade; lá é mais alto e mais barato que o Space Needle, famoso prédio que serviu de inspiração para a casa dos Jetsons (desenho futurista incrível) e é um dos grandes cartões postais da cidade.

Descendo poucas quadras, ainda dá para pegar o Underground Tour (608 First Ave, na Pioneer Square), que faz um passeio pela “antiga e subterrânea Seattle”, ou seja, pelos porões de várias contruções que foram destruídas em 1889, quando um incêndio acabou com 25 quadras do centro da cidade.

É interessante, principalmente se você tiver um bom inglês para entender as explicacões e piadas do guia; eu perdi um monte, mas me distraí naquele ambiente esquisito.

E se você não tem medo de pagar mico, ou no caso, pato, vale pegar o tour do Ride the Ducks (516 Broad St). A parte terrestre, pelas ruas da cidade, deixa a desejar mas, a grande vantagem desse passeio, é que ele é feito em um “carro-barco” que entra na água e te leva pela baía, próximo das casas barcos (quem lembra de onde Tom Hanks morava em Sintonia de Amor?).

Durante o tour o motorista faz piadas, coloca música alta e troca de chapéu várias vezes, fazendo palhaçadas. Divertido para crianças. E para os adultos que se deixam levar.

Uma parada mais que obrigatória em Seattle é no EMP Museum (325 5th Avenue N). Originalmente criado para abrigar exposições musicais, atualmente tem uma variedade imensa de coisas legais para serem vistas dentro do espaço que, por si só, já é uma obra de arte.

Quando estive lá existiam, além das exposições de guitarras, Nirvana e Jimmy Hendrix, uma com os figurinos originais de Star Wars, objetos de cena de filmes e séries de fantasia, outras sobre filmes e séries de terror, uma sala especial para os fãs do Seattle Sea Hawks, uma com games independentes para quem quisesse jogar e mais um espaço para você tocar instrumentos, fazer jam sessions e até gravar suas próprias músicas. Vale dedicar um dia inteiro só para ele.

Seattle é uma graça. Mas se você for, por favor, leve um guarda-chuva. Conselho de amiga.

Anúncios

2 comentários sobre “Roteiro para aproveitar Seattle com pouco tempo

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

w

Conectando a %s