2015

Nesse momento estou na frente do computador com várias e diversificadas abas abertas no navegador, com a TV ligada em um canal de culinária – sendo que não tenho a menor noção de como se cozinha -, rodeada por agendas, cadernos, livros e papéis, pensando em tudo o que preciso fazer, sem conseguir sair do lugar.

Essa sou eu, muito prazer. Uma pessoa sem foco que quer abraçar o mundo inteiro ao mesmo tempo e, sendo assim, não consegue sequer segurar a pontinha do mapa pelo dedo mindinho.

E essa é a minha principal reflexão de ano novo. Preciso de foco. Foco para me mover, para realizar, para diminuir as angústias e trazer resultados.

Tenho mil projetos. Um programa de rádio, alguns em vídeo, uma revista e livros. Também preciso ser mais saudável, comer melhor e perder peso. Já que estou morando nos Estados Unidos tenho que aproveitar para melhorar meu inglês macarrônico.

Então tento afunilar as ideias para o que é possível nesse momento: inglês e livros. Inglês porque tenho aulas e é necessário para minha sobrevivência social e diária. Livros porque um está praticamente pronto – praticamente porque tenho os textos escritos e organizados mas não tenho dinheiro para pagar um ilustrador, figura fundamental na concepção da ideia toda… questão que me faz pensar em tomar aulas de desenho e fazer eu mesma..  e assim perco o foco de novo.

Foco. Deixar o livro que precisa de ilustrações de lado por enquanto. Melhorar e desenvolver as ideias que tenho para contos. Esse é um bom exercício para mim, tão dispersa na arte da escrita. E da vida.

Foco. Estudar inglês e escrever meus contos. Mas aí o blog fica de lado porque não consigo fazer tudo ao mesmo tempo. Afinal, ainda preciso ler mais livros, ver filmes, séries e correr todos os dias.

Também preciso lavar roupas, pratos, ir ao mercado… quero viajar mais, muito mais… e além de tudo ainda venho sendo consumida pela vontade de fazer um vlog, de gravar em casa e colocar no meu canal do Youtube – mas para isso precisaria pensar no que falar, aprender a editar e…

Foco Paloma, foco!

Quando eu trabalhava, não tinha tempo para nada. Agora que não estou trabalhando, não tenho tempo para tudo.

Anúncios

2 comentários sobre “2015

  1. Ai, como me identifiquei! Me sinto exatamente assim. Mil ideias, nada de concreto. Muito foco em 2015!

  2. Quando eu fiquei desempregado aproveitei para tirar o atraso de games, filmes (da coleção, baixados, cinema), livros e quadrinhos, mas no final das contas só consegui mesmo com os games. Acho que sou nerd de muita coisa. eheheheh…
    Boa sorte com o foco!

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

w

Conectando a %s