Novela na certidão de nascimento

DinaSfatINTERNA1[1]
Dina Sfat, a “Paloma inspiradora”

Eu sou Paloma porque entre agosto de 1979 e fevereiro de 1980, minha mãe acompanhava uma novela na TV Globo chamada Os Gigantes, de Lauro César Muniz.

Pois a mocinha, vivda por Dina Sfat, se chamava Paloma (e era jornalista!!!). Minha mãe gostou do nome e decidiu que, quando tivesse uma filha, seria Paloma. Meu pai estranhamente concordou em algo com ela e assim fui registrada, lá em 1981.

Engraçado que a primeira vez em que ouvi falar dessa personagem, sem ser através dos meus pais, foi em Feliz Ano Velho, clássico livro de Marcelo Rubens Paiva . E ele falava mal. Dizia que ela era chatíssima mas que tinha que acompanhar a trama pela falta do que fazer enquanto estava no hospital, após o grave acidente que sofreu.

Depois dessa Paloma, a próxima que lembro de ter visto na teledramaturgia com papel de destaque foi Cristiana Oliveira em De Corpo e Alma, exibida entre 1992 e 1993. Sofri bastante porque era só dizer meu nome que tinha que ouvir alguma gracinha do tipo “e o coração Paloma, tá bem?”. Sim, a história tratava de transplante.

E eis que agora Walcyr Carrasco escolheu meu nome para colocar na protagonista sofredora de sua mais recente história, Amor à Vida. Paola Oliveira já passou e ainda passará por maus bocados nas mãos do irmão super malvado (muito amor para Mateus Solano) e do ex-namorado hippie-sujo.

É dramalhão. Nada de mais até o momento. Ontem até vi uma cena que me lembrou o seriado Grey’s Anatomy (que abandonei há algumas temporadas, confesso) onde toda a pegação acontece no elevador do hospital onde a maioria dos personagens trabalha. Bom, os seriados médicos como Grey’s e E.R sempre fizeram sucesso. Será que Carrasco é fã?

Em todo o caso a protagonista da novela me fará um grande fazer enquanto estiver no ar: me poupará o trabalho de repetir meu nome diversas vezes para quem nunca me viu na vida e sem ter que ouvir de volta “Paola”? “Paula”? “Pamela”? “Patrícia”?

A "nova" Paloma e o hippie
A “nova” Paloma e o hippie
Anúncios

3 comentários sobre “Novela na certidão de nascimento

  1. hahahahaha
    não me fale em repetir nomes, pois, pelo menos confundem o seu com algo aceitável e não com Girlene, Gislene ou Darlene – que na época da piriguete vivida por Deborah Secco em Celebridade, passou a ser meu nome oficial, de tanta preguiça de corrigir as pessoas….rsrsrs

    E, só uma curiosidade boba: algumas pessoas acham que eu lembro a Dina Sfat, acredito que, só por causa do olhão… :)

  2. Tempos atrás teve uma novela das 7 com Claudia Raia que ela fazia um personagem chamado Ramon que tinha mudado de sexo. Felizmente eu já era velho ou a novela não fez muito sucesso, aí não sofri bullying. ehhehehe

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

w

Conectando a %s