Publicado em Crise dos 30, Pensamentos

Um tempo em casa

salvador0

Resolvi tirar um sabático. Infelizmente não é do tipo afastamento remunerado para refletir sobre vida e carreira. Não é apenas pela falta da remuneração. Vim refletir sobre a vida e a carreira em Salvador. Vim tentar colocar a cabeça em ordem e me dedicar por inteira a um projeto que tenho há anos e que há anos jogo para o canto.

Vim tentar estimular minha paciência e tolerância voltando a conviver no ambiente familiar do qual estou afastada há 5 anos e onde, de lá para cá, nunca passei mais de quatro dias. Agora serão dois meses e meio dividindo hábitos, relembrando irritações e buscando o lado zen que diariamente ouço que preciso encontrar.

Vim me sentir acolhida entre os iguais, recarregar meu sotaque, o dendê na veia e o cheiro de mar no ar. Vim usar o “lá ele”* por aí – como fiz recentemente com um vendedor de cerveja da praia – para ficar em êxtase por ter empregado perfeitamente a expressão e, melhor, ter sido compreendida.

Vim desviar dos buracos nas ruas e nas calçadas e xingar as administrações públicas que deixaram uma cidade incrivelmente linda ficar tão suja, acabada, descuidada.

Vim ficar mais baiana. Até depois do Carnaval.

———————————————————————————————————————————————————————-

* Lá ele: expressão tipicamente baiana que só dá para explicar pessoalmente, com muitos exemplos e gestos. :)

———————————————————————————————————————————————————————-

E a trilha sonora não poderia ser mais perfeita..

Anúncios

4 comentários em “Um tempo em casa

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s