Publicado em TV

Chayenne x Carminha

Com 0 tempo apertado por conta dos horários de trabalho não tenho acompanhado com afinco as novelas que estão no ar, nesse momento, na TV Globo. Mas, pelo pouco que vi, Cheias de Charme é de longe a preferida.

Acho Amor Eterno Amor bem chata e absolutamente nenhum núcleo me pareceu atraente – confesso que as que exploram questões espirituais, desde A Viagem, me irritam (deixando claro que adoro as sobrenaturais, como Vamp).

Pois bem, a das 18h foi descartada assim como Gabriela, que só vi os dois primeiros episódios por ser exibida tarde da noite. Também me irritei com o sotaque baiano “global” que parece mais de quem nasceu em Recife e achei o “Bataclan-Moulin Rouge” surreal para a Ilhéus de Jorge Amado. Mas ok, dela eu não posso falar muito mesmo.

Cheias de Charme com suas empreguetes e personagens divertidíssimos é um bom exemplo de comédia leve feita para entreter naquele horário. São diálogos sensacionais, com expressões divertidas e paródias engraçadíssimas do mundo da música super popular brasileira. O videoclipe que se tornou viral na internet e a música que é toque de celular de muita gente por aí (já ouvi vários nas ruas da cidade) mostram o sucesso do grupo de Thaís Araújo, Leandra Leal e Isabele Dummont.

E digo mais, Cláudia Abreu, que desde sua “cachorra” Laura em Celebridades apareceu em coisas pouco representativas e sumiu para fazer faculdade e cuidar dos filhos, voltou de forma espetacular para a TV. Acho que ela sim é um grande exemplo de atuação, ao contrário do que tenho lido aos montes por aí sobre Adriana Esteves em Avenida Brasil.

Chayenne, a cantora enlouquecida das 19h é uma caricatura do jeito que tem ser para a comédia onde ela está inserida. Já Carminha, nas 21h, é uma caricatura bizarra dentro de um drama onde o que não deveria existir ali era o excesso de trejeitos caricatos.

Realmente não entendo como as caras afetadas de ódio e os berros que a personagem dá para mostrar descontentamento podem ser geniais. Queria ver fazer isso de forma contida com ataques de histeria quando necessário. Até hoje, só vi pitís que passam do ponto mesmo que a cena seja de tensão e violência e peça por isso. Ela não faz bem. Assim como Débora Fallabella e sua expressão única.

O que salva Avenida Brasil é a quantidade de núcleos divertidos longe dos personagens principais: Tufão e sua família emergente (excluindo o Jorginho de Cauã Reymond e incluindo o Adauto de Juliano Cazzaré que é o mais sensacional de toda a trama), os moradores do Divino, a periguete Suelen e todos os jogadores que a cercam – inclusive o marido indefinido em relação à sexualidade como muitos por aí, além do trígamo e suas mulheres peruas e enlouquecidas. Todos são bons e fazem com que a novela seja possível de assistir. É só mudar de canal quando Caminha-Max-Nina-Jorginho-Lucinda-Nilo aparecem. Facinho.

Anúncios

5 comentários em “Chayenne x Carminha

  1. Pois então, como você, eu tb tenho um horário de trabalho muito louco, mas aos sábados consigo acompanhar e gosto muito de Cheias de Charme. As das seis não sei muito pra falar e Avenida Brasil tem mesmo seus núcleos chatos, mas em geral eu gosto. Achei que escolheram mal a Débora para a representação do personagem Nina e, dentro do que propuseram para Adriana representar, acho que tá bem sim. Agora o núcleo do divino com aquele time de segunda é muito engraçado e parece muito uma série que acompanhei na TV espanhola – Pelotas. Muuuito engraçada. Tem gente dando um show de representação, como Caruzo com “Leleco”. Perfeito!

  2. Olá!

    Eu sou noveleira, adoro ver novelas. Como você eu não gosto da novela das 6. Sempre achei a trama chata e forçada demais. Adoro a novela das empreguetes, me divirto muito com todos da trama. Avenida Brasil já cansou minha beleza, eu assisto ainda, mas ando sem paciência e não suporto a Nina. Que a novela acabe logo.

    Agora, Gabriela é a minha novela preferida. Eu estou gostando muito. Pena que passa muito tarde. Tenho que deixar os capítulos para gravar, assim assisto à novela sempre com um dia de atraso.

    Gostei do seu blog. Voltarei mais vezes! :)

  3. Eu confesso que não tenho paciência para Avenida Brasil! Acho que tem idas e vindas demais e a vingança-davingança-davingança é um saco! Quando consigo assisto a Cheias de Charme e também Amor Eterno Amor. Mas, acho que novela é algo tão lento que não é pra ver todo dia não. de vez em quando vc assiste e… não perde o fio da meada…rs

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s